Povos indígenas do Brasil defensores do meio ambiente

11709462_1142070242475969_8659438668677309704_n[1]Está a decorrer em Paris a cimeira internacional sobre as mudanças climáticas, quase todos os lideres mundiais estão a debater este grande problema para o futuro das novas gerações. Segunda a minha experiência de vida, que vivi 14 anos com os povos indígenas da Amazónia, são eles que têm a solução para o futuro da humanidade…apredamos deles a respeitar a “mãe natureza” sem ela não temos futuro. Deixem os governos de os perseguir e maltratar, eles nos podem e devem ajudar a resolver os nossos problemas de poluição contra o meio ambiente e contra o ecosistema, mares e rios. Estes povos milenares têm a sabedoria de respeitar a natureza, usufruindo das suas riquezas naturais (florestas, rios…) para seu autosustento sem a destruir. Sejamos humildes e sábios aprendendo com quem ama a VIDA. Respeitemos a natureza como fazem estes nossos irmãos/as das Américas, caso o não fizermos o futuro dos nossos filhos/as  e netos/as estará a meaçado.

Ir. Lurdes Ramos – jornalista

Brasília, 26 de novembro de 2015

Boletim ‘O Mundo Que Nos Rodeia’

Os efeitos da cana-de-açúcar na vida dos povos indígenas do Mato Grosso do Sul

Os interesses econômicos da indústria canavieira são um dos principais motivos que impedem o reconhecimento e a demarcação das terras tradicionais Guarani e Kaiowá pelo Estado brasileiro.

Veja mais

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ocupação termina na Assembleia Legislativa do MS com indígenas reafirmando ações de retomadas

Assessoria de Comunicação – Cimi

PELO FIM DA CPI DO CIMI: “A situação não deixa saída a não ser a retomada dos territórios da gente”, disse Paulino Terena

Leia

32 anos depois, Marçal vive

Por Ruy Sposati, Assessoria de Comunicação – Cimi

Teria dito, pouco antes de sua morte: “sou uma pessoa marcada para morrer, mas por uma causa justa a gente morre”

Leia

Na Força dos Encantados

Por Egon Heck, Secretariado Nacional – Cimi 

Nas conversas com membros das delegações e nos debates de preparação das atividades, sentimos as motivações e a disposição das lideranças em mais uma semana de luta em Brasília

Leia

E mais:
Jornal
Porantim
Edição n º 375 – Maio 2015

Uma outra dança da chuva
Violência
contra os
Povos Indígenas
Dados 2014
Veja Vídeos

Indígenas do MS denunciam Estado brasileiro após atentado contra comunidade

Em Brasília, cerca de 25 lideranças e professores indígenas do Mato Grosso do Sul exigiram, da Advocacia-Geral da União (AGU), a revogação da Portaria 303/2012. Durante a manifestação, responsabilizaram o Congresso Nacional, a AGU e o Supremo Tribunal Federal pela onda de violência contra os povos indígenas no estado. Duas crianças estão desaparecidas desde o dia 24/6, depois de um atentado realizado por produtores rurais contra a comunidade Kurusu Ambá, no município de Coronel Sapucaia. Saiba mais: http://goo.gl/AzlMNs

Ouça Rádio Potyrõ
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s