CARTA Á FAMÌLIA COMBONIANA SOBRE O JUBILEU DA MISERICÓRDIA

“Este Coração adorável…rico de toda a graça, não conheceu um instante…em que não palpitasse com mais puro e misericordioso amor pela humanidade. Desde o sagrado berço de Belém, apressa-se a anunciar pela primeira vez a paz ao mundo: menino no Egipto, solitário em Nazaré, evangelizador na Palestina, partilha a sua sorte com os pobres, convida os pequenos e desafortunados a que se aproximem, conforta e cura os doentes, devolve os mortos à vida, chama ao bom caminho os extraviados e perdoa aos arrependidos; moribundo na cruz, na sua extrema mansidão reza pelos que o crucificaram; glorioso ressuscitado, manda os Apóstolos pregar a salvação ao mundo inteiro” (E 3323 de Comboni).

Caríssimos Irmãos e Irmãs da Família Comboniana

 Com esta carta, fruto de um tempo de oração, reflexão e partilha que tivemos juntos no final da Vida Consagrada e no início do Ano Santo da Misericórdia, desejamos oferecer a todos os membros da Família Comboniana algumas reflexões e , sobretudo, convidar cada um/a a viver em profundidade os desafios e as oportunidades que o Ano Jubilar nos oferece pessoalmente e como Família…

O Rosto misericordioso do Pai: para com as nossas instituições

Ao longo do caminho da nossa pertença aos nossos Institutos / grupos / família Comboniana, os nossos sentimentos de amor, de orgulho sadio e de gratidão deveriam crescer com o passar dos anos. Mas, por vezes, nota-se também sentimentos de amargura, crítica destrutiva, o “terrorismo da bisbilhotice”, como lhe chama o Papa Francisco. Poderia dizer-se que isto faz parte da nossa condição humana, marcada pelo pecado, ainda em vias de transformação. As nossas fraquezas não deveriam surpreender-nos  ou ser motivo de escândalo. Não deveriam enfraquecer o nosso sentido de pertença e a alegria de ser Comboniano/a, ou diminuir o desejo  e o empenho a viver, de modo digno, a chamada a ser Santos e Capazes, nas pegadas de São Daniel Comboni.

E então…Celebraremos a misericórdia

Neste Ano Jubilar, por intercessão de Maria, Mãe da Misericórdia, peçamos a Deus Pai o dom de reconhecer-nos necessitados/as da Sua misericórdia e desejosos/as de ser reconciliados/as: connosco mesmos/as, com os nossos irmãos e irmãs em comunidade, com os nossos Institutos e grupos combonianos.

Convidamos, portanto, todos os membros da Família Comboniana, SMC, ISMC, MCCJ, LMC e outros grupos/movimentos que se inspiram no carisma comboniano, a celebrar, a 17 de Março próximo, o XX aniversário da beatificação de São Daniel Comboni, com uma jornada de oração-contemplação da Misericórdia de Deus em Comboni. É um convite a, como seus filhos/as, deixar-nos transformar pela Misericórdia do Coração de Jesus e a riavivar a nossa compaixão e o empenho de anunciar, com palavras e obras, o Deus de misericórdia aos irmãos e irmãs mais abandonados e sofredores.

Saudamo-vos com grande afecto,

Os Conselheiros Gerias e Coordenadore do Comité Central LMC

SMC – Irmãs Missionárias Combonianas

ISMC- Instituto Secular Missionárias Combonianas

MCCJ – Missionários Combonianos do Coração de Jesus

LMC – Leigos Missionários Combonianos

Roma, mês de Fevereiro 2016

Trechos da carta enviada para os membros da Familia Comboniana para o Ano Santo da Misericórdia

11898520_10207024711874647_1991336728568062977_n[1]DSC02799

As Irmãs MC, juntamente com D. Ilídio, P. Victor , Missionario Comboniano, Carlos Barros LMC, participantes na Assembleia, Viseu, Portugal 2015
As Irmãs MC, juntamente com D. Ilídio, P. Victor , Missionario Comboniano, Carlos Barros LMC, participantes na Assembleia, Viseu, Portugal 2015

DSC02766DSC02734

Anúncios

Assembleia de Animação Missionária da Europa em Verona

De 9 a 14 de Fevereiro de 2016, 30 Irmãs Missionárias Combonianas, um Padre Comboniano e uma Secular Comboniana, participaram na Assembleia da Animação Missionária do Continente Europeu, na casa Madre das Irmãs Missionárias Combonianas em Verona.

As irmãs eram provenientes de Espanha, Portugal, Reino Unido (Inglaterra E Escócia), Itália. Algumas Irmãs da América Latina (Brasil, Equador, Costa Rica, Peru e México) que trabalham na Animação missionária e na Pastoral juvenil na Europa.

A Assembleia teve como assessora: Stella Morra, docente de sociologia da Universidade Gregoriana de Roma, falou de uma Igreja em saída, pobre e com os pobres…os Institutos deveriam ver e mudar a “forma”, questionou se a “forma” de há 40/50 anos serve para hoje. fez algumas perguntas entre as quais: qual é o objetivo da Animação Missionária na Europa e onde queremos chegar.

A assembleia depois de tantos anos que não se fazia, foi um alto encontro para a troca de experiências, metodologias, materiais e amizades, entre Irmãs Combonianas. Fomos também ver uma experiência dos Estigmatinos na periferia de Verona. Onde a comunidade reza com todas as religiões e ao mesmo tempo defende tudo o que é Vida, desde a Criação ao mais explorado e esquecido ser humano, defendendo portanto os direitos humanos.

Foi manifestado o desejo de continuarmos a realizar estes eventos pelo menos de dois em dois anos. Para estarmos atualizadas nos temas que são tão preciosos para a Animação Missionária: Migrantes, Juventude, Justiça e Paz e Integridade da Criação.

Ir. Lurdes Ramos

DSC03424DSC03427DSC03429DSC03430DSC03439As fotos mostram momentos significativos da Asssembleia, trabalhos de grupos e oração comunitária.