JESUS de NAZARÉ: Ele ressuscitou! Nao está aqui Aleluia!

Depois de 40 dias de oração, jejum…os católicos de todo o mundo celebram a Ressurreição do Senhor Jesus. Assim nos conta o Evangelista Marcos: “Passado o sábado, Maria Madalena; Maria mãe de Tiago e Salomé compraram aromas para irem embalsamar o corpo de Jesus. E no primeiro dia da semana, foram muito cedo ao sepulcro, ao nascer do sol.

Diziam entre si: Quem vai remover para nós a pedra da entrada do sepulcro? Mas, erguendo os olhos,  viram já removida a pedra, que era muito grande. Entrando no sepulcro viram um jovem…não vos assusteis! Estais a procurar Jesus de Nazaré, que foi crucificado. Ele ressuscitou! Não está aqui! (…)Mas ide e dizei a seus discípulos e a Pedro que ele vos precede na Galileia. Lá o vereis, como vos disse.”

(Cf Mc 16 ss)

FELIZ e SANTA PÁSCOA! ALELUIA! ALELUIA! ALELUIA!

SEMANA SANTA- Memorial da Vida de Jesus de Nazaré

A Semana Santa Constitui o centro, o ponto culminante de todo o ciclo litúrgico e meta do tempo quaresmal. Comemora e revive todo o Mistério Pascal: Paixão, Morte, Ressurreição  e Ascensão de Jesus ao céu. Os dias entre o Domingo de Ramos e Quinta Feira Santa, revestem um tom de tristeza pela morte de Jesus que se avizinha. Procuremos vive-los no recolhimento, na piedade e na contrição, de forma a podermos tirar deles os frutos da Redenção. (Missal popular feral)

PAI se é possível afasta de mim este cálice….

Assim como Eu fiz fazei-o vós também…

INSTITUIÇÃO DA EUCARISTIA – Isto é o meu Corpo…fazei isto em Memória de mim….
Uma Semana Santa repleta de amor e paz para todos/as, amigos/as das Irmãs Missionárias Combonianas

Da mensagem do Papa Francisco para a Quaresma

Um coração frio

“Como se resfria o amor em nós ? (…) O que apaga o amor e’, antes demais nada, a ganância ao dinheiro, “raiz de todos os males” (1Tm 6,10); depois dela, vem a recusa de Deus, preferindo a nossa desolação ao conforto da sua Palavra e dos Sacramentos. (Tudo isto se permuta em violência que se abate sobre quantos são uma ameaça para as nossas “certezas” : o bebé nascituro, o idoso doente, o hóspede de passagem, o estrangeiro, mas também o próximo que nao corresponde às nossas expetativas. A própria criação  é testemunha silenciosa deste resfriamento do amor: a terra está envenenada por resíduos lançados por negligência  por interesse.” (Papa Francisco)

“Todo aquele que pratica más ações odeia a luz e nao se aproxima dela, para que as suas obras nao sejam denunciadas. Mas quem pratica a verdade aproxima-se da luz, para que as suas obras sejam manifestas, pois sao feitas em Deus.” (Conf. Jo 3, 19-21)

A todos os amigos/as desejamos  continuação de uma santa quaresma repleta de bons frutos.

Irmãs Missionarias Combonianas

 

Dia do Consagrado 2018

No dia 2 de Fevereiro de 2018, pelos 19h00 da noite o D. António Azevedo, Bispo auxiliar do Porto e responsável pela Vida Consagrada da Diocese, presidiu à celebração Eucarística, acompanhado por 16 sacerdotes, de vários Institutos religiosos residentes na Diocese do Porto. A Catedral estava composta de religiosos/as de vários Institutos.

Na homilia D. António realçou a importância da vida religiosa na Diocese e os vários Carismas que contribuem para a Vida na Igreja local. Convidou cada Instituto a ser fiel ao Carisma de seu Fundador/ra e a ser santo/a, profeta do nosso tempo.

Recordou São João Paulo II e como incentivou a Vida religiosa a ser Luz assim como Jesus é a Luz do mundo. A vida religiosa tem muito sentido para os jovens de hoje, o importante é que os religiosos/as façam ver o valor da Vida comunitária, num mundo individualista, a partilha num mundo egoísta….Que as comunidades sejam abertas e acolhedores aos jovens de hoje que querem seguir Jesus.

 

Festa do Batismo de Jesus

“Por aqueles dias, Jesus veio de Nazaré da Galileia e foi batizado por João no rio Jordão.

Quando saía da água, viu serem rasgados os céus e o Espírito descer sobre Ele como uma pomba. E do céu veio uma voz: “Tu és o meu Filho muito amado, em ti pus todo o meu agrado.” (Cf Mc 1, 9-11)

Com a festa do Batismo de Jesus termina o tempo de Natal e começa o tempo comum. Este ano a festa do Batismo de Jesus é celebrada no dia 8 de Janeiro, segunda feira. É o dia de todos os cristãos recordarem e celebrarem o seu Batismo. É por meio do Batismo que eu, tu e nós somos verdadeiramente filhos/as de Deus. É através do Batismo que somos conscientes de levar a mensagem da Boa Nova do Pai a todos os povos, e assim somos verdadeiros missionários/as. Como para Jesus os céus foram rasgados e o Espírito  impulsionou-O para a Missão na Galileia; assim também é para nós, se nos abrimos a ação do Espírito Santo.

Boa Missão para todos/as no quotidiano do tempo comum.

Ir. Lurdes Ramos