Semana Missionária Vicarial em Arouca

De 08 a 14 de outubro – Semana Missionária Vicarial em Arouca, Diocese do Porto. Encerra dia 14, sendo o Grande Momento da abertura do Ano Missionário na Diocese, com a presença do Bispo Dom Manuel Linda que também é o Presidente nacional da Comissão Episcopal das Missões e, com a presença do ANIMAG nacional (Institutos Missionários Ad Gentes), das Equipas Vicarias das Missões representantes das 22 Vigararias da Diocese. Nesse dia 14, na Eucaristia será entregue a cada Vigararia uma “LUZ” que por sua vez será espalhada por todas as Paróquias da Diocese, dando início ao Ano Missionário onde todos somos missionários desde os Bispos, padres, diáconos, consagrados/as, adultos, jovens, adolescentes e crianças . Somos convidados pelo Papa Francisco a “SAIR” das nossas comodidades e irmos a outra paróquia, outra Diocese, outro País…devemos sentir neste ano extraordinário que somos chamados desde o nosso Batismo, por vocação a sermos irmãos/ãs universais.

Bom Ano Missionário para todos!

Irmãs Missionárias Combonianas

ANO MISSIONÁRO EXTRAORDINÁRIO 2018/2019

Todos, Tudo e Sempre em Missão

Para celebrar o centenário da Carta Apostólica Máximum Illud, de 30 de novembro de 1919, do Papa Bento XV, o Papa Francisco declarou o mês de outubro 2019 “Mês Missionário Extraordinário”, tendo como objetivo despertar para uma maior consciência missionária toda a Igreja.

Por sua vez a Conferência Episcopal Portuguesa propôs um Ano Missionário Extraordinário para Portugal, uma vez que o outubro missionário já é celebrado na Igreja entre nós. “Acolhendo com alegria a proposta do Papa Francisco de um Mês Missionário Extraordinário para toda a Igreja, nós, Bispos portugueses, propomo-nos ir mais longe e celebraremos esse mês como etapa final de um Ano Missionário em todas as nossas Dioceses, de outubro 2018 a outubro de 2019”.

(Conferência Episcopal Portuguesa)

Para viver este Mês/ Ano Extraordinário o Papa indica quatro dimensões:

-Encontro pessoal com Cristo Vivo na sua Igreja

-Testemunho dos santos, mártires da missão.

-Formação Bíblica, Catequética, teológica sobre a missão.

-Caridade missionária ajuda material às Igrejas mais necessitadas.

Irmãs Missionárias Combonianas

Partir em missão sempre … a missionária nunca se reforma

A Irmã Aurora Salgado Abreu, depois de 7 anos de Animação Missionária em Portugal, hoje dia 28 de Agosto, partiu para Londres para a sua nova comunidade de Chiswick Lane.

Além de fazer parte da comunidade a Irmã Aurora vai fazer Animação Missionária, com a língua que ela tanto ama e gosta de falar, poderia -se dizer que é a sua segunda língua.

Obrigada Irmã Aurora pelo testemunho que destes na comunidade de Viseu e pelo bem que fizestes às comunidades paroquiais partilhando por muitos anos a tua experiência missionária no Sul do Sudão.

Desejamos te uma santa e muito feliz missão nas terra de Sua Majestade Rainha Isabel II, muitas felicidades. Que São Daniel Comboni te acompanhe nesta tua nova missão.

Irmãs Missionárias Combonianas

A missão Comboniana e a JPIC (Justiça Paz e Integridade da Criação) na EUROPA

De 18 a 21 de Junho 2018, reuniram-se em Brixen/Bressanone, Austria, os coordenadores do movimento JPIC dos Missionários Combonianos da Alemanha, Espanha, Itália, Polónia e Reino Unido para elaborarem um programa comum a nível da Europa. Concluiram que a JPIC é o eixo transversal a toda a missão comboniana na Europa. Escreveram também uma carta às comunidades Combonianas  para assumir posições e viverem sobriamente como nos propõe o Papa Francisco na sua  encíclica “Laudato SI”.

Para maiores informações  aceda ao site: http://www.comboniani.org –  versão portuguesa.

Encontro Europeu dos coordenadores da JPIC em Bressanone

 

Solenidade do Sagrado Coração de Jesus

img-20180329-wa0001O Culto à Humanidade de Cristo e ao Seu Coração, que sempre existiu na Igreja, conheceu um grande incremento, a partir das revelações privadas a Santa Margarida Alacoque (1673-1675), as quais despertaram entre os cristãos uma consciência mais viva do mistério do amor de Cristo pela humanidade.

Esta devoção pela qual vivemos, intimamente o mistério de Cristo, não está ultrapassada pelo contrário leva-nos a amar a Cristo e a compartilhar do Seu amor pelo Pai e pelos irmãos, esta devoção leva-nos também a promover a solidariedade universal, que é uma exigência da fraternidade. O mistério do Coração de Cristo é assim o Caminho para a plena libertação da pessoa humana.

Também São Daniel Comboni quando teve que Fundador o Instituto masculino em 1867 em Verona, Itália; quis-los sob a protecção do Sagrado Coração, mesmo antes de fundar o seu Instituto ele confiava a Missão de Cartum ao Coração de Jesus, podemos conferir com os seus próprios escritos: “São 27 anos e 62 dias que jurei de morrer pela África Central: atravessei as maiores dificuldades, suportei fadigas enormes! Vi muitas vezes a morte perto de mim e, mal grado tantas privações e dificuldades, o Coração de Jesus conservou no meu coração e no coração dos meus missionários e das minhas boas Irmãs de São José d’Aparição, a perseverança, de tal modo que o nosso grito de morte é este: “Ou África ou Morte!”

(cf. esc. 4049)

img-20180317-wa0000img-20180315-wa0000Uma Santa e Feliz festa para toda a Família Comboniana e para todos os devotos do Coração de Jesus! Em particulares para as famílias religiosas a Ele Consagradas.

Irmãs Missionárias Combonianas